Consulta sem compromisso: (+351) 910 714 850

Avaliação do valor da parcela florestal – Inventário Florestal

Qual deve ser o primeiro passo a dar para vender a sua parcela florestal por um valor mais alto? – A realização de um leilão com a Bolsa Florestal.

A transparência e os princípios de competitividade entre compradores que um leilão que proporciona, são resultados tangíveis. Algo que não se encontra em compradores ou intermediários evasivos.

O valor da floresta depende:

Que preços florestais prevalecem em 2021?

É possível calcular sem margem para erros o valor de mercado real, ao olhar para as árvores e para a mata no global? Infelizmente não, pois depende de muitos factores inter-relacionados entre si. Só após uma correcta avaliação de todos eles será possível calcular o potencial valor da parcela florestal e da sua produtividade a cada ano.

Qualquer comerciante que queira adquirir um lote florestal, presta atenção à brevidade com que poderá beneficiar do mesmo. É evidente que ninguém compra uma floresta apenas pela sua beleza, mas sim para a explorar e vender a madeira daí extraída. Logo a floresta de produção é diferente da floresta de conservação.

Aqui estão alguns critérios que determinam o valor de uma parcela florestal:

No domínio da silvicultura, há frequentemente casos em que os compradores de madeira, tentanto tirar partido da falta de conhecimento do proprietário florestal, são capazes de comprar a parcela por um preço muito mais baixo do que o valor real de mercado. É por isso que é importante recorrer a especialistas com experiência, que sejam capazes de avaliar de forma objectiva o valor da sua parcela florestal, seguindo regras de avaliação de inventário florestal imparciais.

O técnico tem informação sobre transacções de parcelas florestais semelhantes e é uma ferramenta essencial para o ajudar a obter o valor mais elevado possível.

O valor de uma parcela florestal

Ao adquirir as árvores da parcela florestal, o comerciante estará mais preocupado com a espécie e a idade das árvores. O eucalipto adulto nunca será como um pinheiro adulto, uma vez que o pinho chega a ser vendido pelo dobro do valor do eucalipto.

A regulação dos preços para a madeira é feita pelas indústrias de transformação que ditam os valores que praticam para a aquisição da matéria prima de que necessitam para fabricar os seus produtos e é onde grande parte dos comerciantes de madeira fazem o escoamento da produção.

Deve-se então ter em conta que o valor da madeira de uma determinada parcela florestal, por cortar, se obtém partindo do preço da madeira em rolos (rolaria) paga no parque das indústrias, menos o custo de extracção (corte, rechega e transporte, etc.).

Durante o próprio processo de avaliação e concretização de inventário florestal, são determinados o volume das árvores a abater e a sua estrutura, esta informação é coordenada com os preços de mercado para o tipo específico da madeira, os custos de abate são calculados e o preço possível da madeira é apresentado. Depois fica nas suas mãos o passo seguinte.

Valor da Propriedade florestal

Ao vender uma propriedade florestal, um dos principais factores que determinará o preço será há quanto tempo foi o último corte e qual é a taxa de recuperação dos pés. É por isso que o valor de uma propriedade florestal pode por vezes ser mais reduzido que a venda de uma floresta em pé. Ao comprar uma propriedade florestal, o novo proprietário também se compromete a geri-la.

Tal como no caso de uma floresta em pé, a floresta é avaliada de acordo com:

Além disso, os povoamentos e a parcela de terreno são avaliados separadamente. O preço do terreno, ao contrário de outros casos, é avaliado não com base no preço de mercado, mas com base nas suas características que afectam o crescimento da floresta. Portanto, por exemplo, um declive acentuado ou um terreno com solos pobres tenderá a valer menos.