Consulta sem compromisso: (+351) 910 714 850

Certificação florestal FSC & PEFC
Slider

Certificação Florestal FSC & PEFC

A certificação florestal serve para garantir que a madeira utilizada num determinado produto é proveniente de uma propriedade florestal onde se priveligia a gestão responsável, de forma ecologicamente adequada, socialmente justa e economicamente viável.

A certificação em cadeia de custódia ou cadeia de responsabilidade é uma garantia de origem que serve para orientar o consumidor sobre a origem da madeira. A certificação da origem serve também para orientar o comerciante revendedor ou retalhista na escolha de um produto diferenciado e com valor acrescentado, capaz de conquistar um público mais exigente e, assim, abrir novos mercados. Ao mesmo tempo, permite ao consumidor consciente escolher um produto que não contribui para a degradação do meio ambiente, mas sim para o desenvolvimento social e económico do sector florestal. Para isso, o processo de certificação deve assegurar a sustentabilidade da floresta.

Sobre o FSC

Aceda à Norma de Gestão Florestal para Portugal
FSC-STD-PRT-01-2016

Como surgiu o FSC®?

Esta entidade resultou de uma iniciativa para a conservação ambiental e desenvolvimento sustentável das florestas a nível global. O seu objetivo é promover uma exploração racional da floresta, garantindo a sua sustentabilidade e manutenção a longo prazo. Para atingir esse objetivo, o FSC® criou um conjunto de regras/normas reconhecidas internacionalmente, que conciliam as salvaguardas ecológicas com os benefícios sociais e a viabilidade económica, para as florestas em todo mundo.

Como actuam o FSC® e o PEFC?

O FSC® e o PEFC actuam de três formas:

1) Desenvolvimento de princípios e critérios para a certificação;

2) Acreditação de organizações certificadoras especializadas e independentes;

3) Apoio no desenvolvimento de padrões nacionais e regionais de gestão florestal, que servem para aprofundar a aplicação de princípios e critérios, adaptando-os à realidade de um determinado tipo de floresta.

O que é necessário para certificar uma área florestal?

A certificação FSC® ou PEFC de uma área florestal requer que as operações florestais sejam feitas de modo:

Ecologicamente responsável

Aplicação de técnicas que promovam o ciclo natural da floresta e causem o mínimo impacto, permitindo a sua renovação, a sua manutenção e a da biodiversidade que abriga.

Por exemplo, a floresta fornece matéria prima para a Indústria papeleira – se não houver floresta sustentável, não será possível oferecer o mesmo produto nem a mesma quantidade, sendo que o papel é um bem essencial da sociedade moderna.

Socialmente justo

O lote florestal e toda a actividade que ali se pratique têm de estar legalizados, o que implica o pagamento de todos os impostos e o respeito dos direitos dos funcionários que ali laborem, incluindo todos os preceitos de higiéne e segurança no trabalho e os respectivos seguros contra acidentes de trabalho. Além disso, o processo de certificação, quer seja pelo FSC® ou pelo PEFC, é transparente, ou seja,  permite eventuais fiscalizações por qualquer entidade ou  indivíduo da sociedade civil. Finalmente, os princípios e critérios da certificação florestal são decididos com a participação igualitária dos três sectores: ambiental, social e económico.

Economicamente viável

As práticas de gestão florestal requeridas por ambos os referênciais de certificação FSC® e PEFC, melhoram a produtividade da floresta, garantem a  resiliência dos investimentos, e ACRESCENTAM valor ao produto. Os selos do FSC® ou do PEFC são já muito procurados nos produtos de origem florestal
ou cuja matéria prima seja proveniente da floresta, o que significa que um produto com um símbolo de certificação garante a sua permanência no mercado e abre novos mercados.

Que importância para o sector silvícola em Portugal?

Com a chegada da certificação florestal a Portugal surge a oportunidade de introduzir novos produtos no mercado, sendo um passaporte para a modernidade e para a economia global. Significa, também, a resiliência dos empreendimentos e sua permanência no local onde se situam, mantendo
empregos e viabilizando investimentos.

Outro factor relevante da certificação é a melhoria da imagem dos empresários do sector. Ela distingue os que executam as suas operações de forma
correta daqueles que podem estar na ilegalidade, que podem agir de forma irresponsável destruindo a floresta e a sua biodiversidade, não trazem
benefício para a comunidade local, utilizam mão-de-obra ilegal e sem equipamentos de protecção individual, não pagam impostos, etc.

A Certificação e a Bolsa Florestal

A Bolsa Florestal® é uma plataforma do âmbito do sector da floresta, nesse sentido está enquadrada na certificação florestal pelos referenciais do FSC (Forest Stewerdship Council) e PEFC (Programme for the Endorsement of Forest Certification) que incentivam a implementação de prácticas para uma gestão florestal adequada.

A certificação atesta, assim, a gestão sustentável dos espaços florestais e é concedida por entidades independentes.
A certificação pode ser obtida de forma individual ou em modelos de grupo ou regionais mais adequados, permitindo assim um mais fácil acesso a proprietários de menor dimensão.

FSC ou PEFC que vantagens oferecem?

A certificação florestal traz inúmeras vantagens, entre as quais:

  • Melhor preço a pagar pela produção, beneficiando o produtor.
  • Elaboração de planos de gestão adequados à propriedade em questão.
  • Execução de boas práticas de gestão e
    manutenção florestal de forma a promover uma floresta mais amiga do
    ambiente que traga também benefícios sociais. enquanto produz.
  • Possibilidade de recorrer a uma entidade
    com o intuíto da resolução de litígios como abusos ou destruição de
    infraestuturas, poluição, obstrução de linhas de água, etc.
  • Caracterização da Propriedade  a fim de obter a área, o tipo de povoamento, caracterizão de linhas de água, etc.
  • Elaboração de um plano de gestão florestal em que o foco seja a maximizção da produtividade.
  • Delimitação da Propriedade (elaboração do cadastro ríustico) afim de evitar conflitos.
  • Facilidade de consulta de proprietários e/ou interessados.
  • Prémio suplementar no valor a receber pelo proprietário, pelos produtos extraídos da propriedade certificada.
  • Promoção do cumprimento das obrigações
    sociais pelas entidades empregadoras bem como segurança social, seguros,
    formações profissionais, etc.
  • Utilização de equipamentos de protecção individual pela parte dos profissionais.
  • Respeito pelo ambiente, pela geomorfologia
    (vias de acesso, linhas de água, etc.), ecossistema (animais selvagens,
    flora autóctone), etc.,

Efectuar a certificação florestal pelo FSC ou PEFC.

Basta efectuar uma chamada telefónica ou preencher o formulário de contacto e enviar para iniciar a candidatura e ter assistência ao longo do processo.

Depois são 2 passos:

  1. Apresente os documentos de posse da terra.
  2. O Grupo de Certificação faz a vistoria à propriedade e processa a adesão.

A partir daqui, passa a ter acompanhamento técnico e tem Certificação Florestal.

Contacte-nos